↑ Voltar para Unificação

Imprimir Página

FEB / CFN / CEI

FEB

A FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA (FEB) foi fundada no dia 2 de janeiro de 1884, no Rio de Janeiro, por Augusto Elias da Silva.

Com a instituição do Pacto Áureo, um acordo celebrado na cidade do Rio de Janeiro em outubro de 1949 entre a FEB e representantes de várias Federações e Uniões de âmbito estadual visando unificar o movimento espírita a nível nacional, foi instituído o CONSELHO FEDERATIVO NACIONAL (CFN), o qual exerce a função de dirimir dúvidas, orientar o movimento Espírita e recomendar normas e diretrizes para os Centros Espíritas.
A FEB constitui-se em uma das principais entidades representativas do espiritismo brasileiro, e se propõe a difundir a Doutrina Espírita no país, além de promover o seu estudo e a sua prática.

Conforme definido em seus estatutos, a FEB se propõe a:

a) Promover o estudo, a prática e a difusão do Espiritismo, com base nas obras da Codificação de Allan Kardec e no Evangelho de Jesus;

b) A prática da caridade espiritual, moral e material, dentro dos princípios espíritas; e

c) A união solidária e a unificação do Movimento Espírita, colocando o Espiritismo ao alcance e a serviço de todos.

Possui duas sedes: a seccional do Rio de Janeiro, inaugurada em 10 de dezembro de 1911 na então capital brasileira, e que ainda mantém atividades diversas; e a sede de Brasília, inaugurada em 03 de Outubro de 1970.

A FEB não se constitui em órgão de centralização hierárquico das casas espíritas, já que estas são livres para organizarem-se e desenvolver as próprias atividades e estudos.

Representa o Brasil junto ao CONSELHO ESPÍRITA INTERNACIONAL (CEI).

 


 

O CONSELHO FEDERATIVO NACIONAL (CFN) da FEB foi criado com o objetivo de promover e trabalhar pela união dos espíritas e pela unificação do Movimento Espírita, para que as atividades de estudo, difusão e prática da Doutrina Espírita sejam fortalecidas e realizadas no seu devido tempo.

Atualmente o CFN é composto pelas Entidades Federativas Espíritas de todos os Estados do Brasil e do Distrito Federal (veja nosso mapa), bem como de um quadro de entidades especializadas de âmbito nacional.

Produziu importantes documentos que subsidiam as atividades das Casas Espíritas e campanhas de promoção dos valores doutrinários espíritas:

  • A Adequação do Centro Espírita para o melhor atendimento de suas finalidades (1977);
  • Campanha de Evangelização Espírita da Infância e da Juventude (1977);
  • Orientação ao Centro Espírita (1980);
  • Diretrizes da Dinamização das Atividades Espíritas (1983)
  • Campanha do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (1983);
  • Manual de Administração das Instituições Espíritas (1984);
  • Campanhas “Em Defesa da Vida” e “Viver em Família” (1994);
  • Campanha de Divulgação do Espiritismo (1996)
  • Orientação aos Órgãos de Unificação (2010)

 

O CFN reúne-se ordinariamente uma vez por ano, durante três dias, para tratar de assuntos de interesse do Movimento Espírita, que objetivam promover, realizar e aprimorar o estudo, a difusão e a prática da Doutrina Espírita.

Voltar para FEB

 


 

CEI

O CONSELHO ESPÍRITA INTERNACIONAL (CEI) é um organismo resultante da união, em âmbito mundial, das Associações Representativas dos Movimentos Espíritas Nacionais.

Constituído em 28 de novembro de 1992 em Madrid, na Espanha, as suas finalidades essenciais e objetivos são:

a) Promover a união solidária e fraterna das Instituições Espíritas de todos os países e a unificação do Movimento Espírita mundial;

b) Promover o estudo e a difusão da Doutrina Espírita em seus três aspectos básicos, quais sejam o científico, o filosófico e o religioso;

c) Promover a prática da caridade espiritual, moral e material, conforme ensina a Doutrina Espírita.

O CEI atua através de coordenadorias regionais que têm como objetivo trabalhar em conjunto com os representantes de cada país. Promove seminários, cursos, eventos regionais e congressos mundiais a cada três anos.

Voltar para FEB

Link permanente para este artigo: http://www.ameuberlandia.org.br/?page_id=5184